Adaptações fisiológicas

    A musculação é um exercício amplamente praticado no mundo por homens e mulheres que traz para seus praticantes uma série de benefícios como o aumento da massa magra, o aumento da força muscular e uma melhor qualidade de vida. O treinamento constante dos atletas faz com que o organismo dê algumas respostas fisiológicas ao esforço muscular.

Hipertrofia muscular

       A pessoa que pratica musculação torna o corpo sujeito a aguentar cargas superiores àquelas que ele utiliza. A consequência é uma adaptação muscular que resulta em aumento de força e, eventualmente, por um aumento do volume. Essa hipertrofia das fibras musculares é efeito de um aumento do proveito dos aminoácidos no organismo e no consequente crescimento da síntese proteica. A área transversal muscular se torna maior, especialmente quando o treino está sendo feito de forma avançada. A tensão que se desenvolve dentro do músculo quando ele é exposto a uma carga elevada é que estimula a hipertrofia.

         No que diz respeito à existência da hiperplasia, aumento do número das fibras musculares, há uma grande discussão entre os autores, já que a maioria nega a existência desses fenômenos, enquanto outros dizem que é possível, pelo menos em estudos realizados com animais. Contudo, a pesquisa continua e começa a se falar em células satélites presentes entre o sarcolema (células do tecido muscular estriado) e a membrana basal da célula muscular. Dizem os autores que estas células poderiam auxiliar na regeneração e hipertrofia da célula muscular.A sua transformação em mioblastos e depois em mio túbulos iria originar novas fibras (hiperplasia).

         As características do estímulo é que determinam o tipo de fibra muscular que mais se vai desenvolver, ou seja, a hipertrofia muscular é varia com as fibras treinadas. Todos os estudos parecem apontar para uma relação entre desenvolvimento das fibras musculares de contração lenta, e consequente aumento relativo da sua superfície, com o treino de aeróbico. Existe também uma íntima relação entre o desenvolvimento das fibras de contração rápida com um crescimento da superfície relativa dentro do músculo, com o treino de força, anaeróbico ou isométrico. Ou seja, ocorre uma hipertrofia seletiva, com as alterações correspondentes das atividades enzimáticas, conforme o tipo de treino.

Fonte:
XN Musculão – http://www.xn--musculao-xza3b.com/musculacao-adaptacoes-cardiovasculares.html
Revista Contra Relógio – http://revistacontrarelogio.com.br/cgi-local/materia_impr.pl?999.661
Dicas de Musculação – http://dicasdemusculacao.com/hipertrofia-cardiaca-as-adaptacoes-no-coracao-do-atleta/

Physiological adaptations

         Weight training is an exercise widely practiced in the world for men and women that brings a number of benefits such as increased lean mass, increased muscle strength and a better quality of life. The constant training of athletes makes the body produce some physiological responses to the muscular force.

Muscle hypertrophy

         The body of the person who does weight training becomes subject to endure more than the usual weight. The outcome is a muscular adaptation that results in increased strength and, possibly, an increase in volume. This hypertrophy of muscle fibers is the result of the increased use of amino acids in the body and resulting in an increase in protein synthesis. The muscle cross-sectional area becomes larger, especially when the training is being done in a sophisticated way. The tension that is produced within the muscle, when this is exposed to heavy weights, stimulates hypertrophy.

         Considering the existence of hyperplasia, increased number of muscle fibers, there is considerable arguments among the authors, since the majority denies the existence of this phenomenon, while others say it is possible, at least in animal studies. However, the research continues and instigates to speak in satellite cells present between the sarcolemma (striated muscle cells) and basal membrane of the muscle cell. The authors say that these cells could assist in regeneration and hypertrophy of the muscle cell. Its transformation into myoblasts and then microtubules would produce new fibers (hyperplasia).

         The characteristics of the stimulus and determining the type of muscle fiber which will develop more, in other words, muscle hypertrophy varies with the fibers being used. All studies seem to point to a relationship between the development of slow twitch muscle fibers, and consequent relative increase of its surface, with the aerobic workout. There is also a close relationship between the development of fast twitch fibers with growth on the surface within the muscle with strength training, anaerobic or isometric. Selective hypertrophy occurs with corresponding changes in enzyme activities, depending on the type of workout.

Fonte:
XN Musculão – http://www.xn--musculao-xza3b.com/musculacao-adaptacoes-cardiovasculares.html
Revista Contra Relógio – http://revistacontrarelogio.com.br/cgi-local/materia_impr.pl?999.661
Dicas de Musculação – http://dicasdemusculacao.com/hipertrofia-cardiaca-as-adaptacoes-no-coracao-do-atleta/

Adaptações fisiológicas

    A musculação é um exercício amplamente praticado no mundo por homens e mulheres que traz para seus praticantes uma série de benefícios como o aumento da massa magra, o aumento da força muscular e uma melhor qualidade de vida. O treinamento constante dos atletas faz com que o organismo dê algumas respostas fisiológicas ao esforço muscular.

Hipertrofia muscular

       A pessoa que pratica musculação torna o corpo sujeito a aguentar cargas superiores àquelas que ele utiliza. A consequência é uma adaptação muscular que resulta em aumento de força e, eventualmente, por um aumento do volume. Essa hipertrofia das fibras musculares é efeito de um aumento do proveito dos aminoácidos no organismo e no consequente crescimento da síntese proteica. A área transversal muscular se torna maior, especialmente quando o treino está sendo feito de forma avançada. A tensão que se desenvolve dentro do músculo quando ele é exposto a uma carga elevada é que estimula a hipertrofia.

         No que diz respeito à existência da hiperplasia, aumento do número das fibras musculares, há uma grande discussão entre os autores, já que a maioria nega a existência desses fenômenos, enquanto outros dizem que é possível, pelo menos em estudos realizados com animais. Contudo, a pesquisa continua e começa a se falar em células satélites presentes entre o sarcolema (células do tecido muscular estriado) e a membrana basal da célula muscular. Dizem os autores que estas células poderiam auxiliar na regeneração e hipertrofia da célula muscular.A sua transformação em mioblastos e depois em mio túbulos iria originar novas fibras (hiperplasia).

         As características do estímulo é que determinam o tipo de fibra muscular que mais se vai desenvolver, ou seja, a hipertrofia muscular é varia com as fibras treinadas. Todos os estudos parecem apontar para uma relação entre desenvolvimento das fibras musculares de contração lenta, e consequente aumento relativo da sua superfície, com o treino de aeróbico. Existe também uma íntima relação entre o desenvolvimento das fibras de contração rápida com um crescimento da superfície relativa dentro do músculo, com o treino de força, anaeróbico ou isométrico. Ou seja, ocorre uma hipertrofia seletiva, com as alterações correspondentes das atividades enzimáticas, conforme o tipo de treino.

Fonte:
XN Musculão – http://www.xn--musculao-xza3b.com/musculacao-adaptacoes-cardiovasculares.html
Revista Contra Relógio – http://revistacontrarelogio.com.br/cgi-local/materia_impr.pl?999.661
Dicas de Musculação – http://dicasdemusculacao.com/hipertrofia-cardiaca-as-adaptacoes-no-coracao-do-atleta/

Physiological adaptations

         Weight training is an exercise widely practiced in the world for men and women that brings a number of benefits such as increased lean mass, increased muscle strength and a better quality of life. The constant training of athletes makes the body produce some physiological responses to the muscular force.

Muscle hypertrophy

         The body of the person who does weight training becomes subject to endure more than the usual weight. The outcome is a muscular adaptation that results in increased strength and, possibly, an increase in volume. This hypertrophy of muscle fibers is the result of the increased use of amino acids in the body and resulting in an increase in protein synthesis. The muscle cross-sectional area becomes larger, especially when the training is being done in a sophisticated way. The tension that is produced within the muscle, when this is exposed to heavy weights, stimulates hypertrophy.

         Considering the existence of hyperplasia, increased number of muscle fibers, there is considerable arguments among the authors, since the majority denies the existence of this phenomenon, while others say it is possible, at least in animal studies. However, the research continues and instigates to speak in satellite cells present between the sarcolemma (striated muscle cells) and basal membrane of the muscle cell. The authors say that these cells could assist in regeneration and hypertrophy of the muscle cell. Its transformation into myoblasts and then microtubules would produce new fibers (hyperplasia).

         The characteristics of the stimulus and determining the type of muscle fiber which will develop more, in other words, muscle hypertrophy varies with the fibers being used. All studies seem to point to a relationship between the development of slow twitch muscle fibers, and consequent relative increase of its surface, with the aerobic workout. There is also a close relationship between the development of fast twitch fibers with growth on the surface within the muscle with strength training, anaerobic or isometric. Selective hypertrophy occurs with corresponding changes in enzyme activities, depending on the type of workout.

Fonte:
XN Musculão – http://www.xn--musculao-xza3b.com/musculacao-adaptacoes-cardiovasculares.html
Revista Contra Relógio – http://revistacontrarelogio.com.br/cgi-local/materia_impr.pl?999.661
Dicas de Musculação – http://dicasdemusculacao.com/hipertrofia-cardiaca-as-adaptacoes-no-coracao-do-atleta/